domingo, 28 de outubro de 2007

Entrevista


Manobras técnicas, estilo inconfundível, humildade e carisma, esse é Daniel Quadrado, skatista das ruas de Guarulhos que vem buscando seu lugar no cenário do skate nacional. Em constante processo de evolução, vem se empenhando muito na produção de imagens para vídeos e fotos para revistas, mais um atleta da Skate Saúde e um grande amigo que tem seu valor reconhecido com essa entrevista no blog.



Nome: Daniel de Souza Santos “ Quadrado “
Idade: 20 anos
Tempo de skate: 8 anos
Local: Guarulhos – SP
Patrocínio: Skate Saúde
Apoio: Fire e Bally Bagus


SS – Quando e onde você começou a andar de skate?
Comecei a andar de skate em Guarulhos, na rua onde eu morava, os muleques andavam de skate e raramente me emprestavam, ai eu ajuntei dinheiro e comprei o meu, isso mais ou menos em 1999.

SS – Quais as qualidades que um skatista deve ter?
Estilo, técnica, humildade, força de vontade, tem que ser animado e positivo.

SS – Qual o seu pico preferido?
Quadra da Brama em Guarulhos.

SS – Qual manobra você sente mais prazer em acertar?
Todas que saiam perfeitas.

SS – Quais skatistas te influenciaram?
Marcos Morto, James Bambam, Laurence Reali, Diego Garcez “Chaveiro”, Kleber Brasil, Mário Romário, Marquinhos, Diogo Gema, Adriano Mi e outros.

SS – O que o skate te trouxe de bom até hoje?
Amizades, viagens, mulheres, roubadas e risadas. Minha vida gira em torno do skate, tudo o que aconteceu foi por causa dele.

SS – Andando de skate na rua, quais são os seus planos para o futuro?
Planos para o futuro são que as coisas melhorem, porque agora ta osso (risos).
Futuramente fazer uma parte de vídeo e evoluir cada vez mais meu nível de skate, para que eu possa ser reconhecido.

SS – Que tipo de música você gosta de ouvir? Você acha que a musica influencia na sua forma de andar?
Música pesada, um bom rap. Quando eu chego em casa, para relaxar depois da sessão, um reggae suave.

SS – O que você acha que falta ainda para o skate brasileiro?
Investimento das marcas, reconhecimento de muitos atletas que ainda não estão na mídia. Abrir mais as portas para o skate de rua, da mesma forma que as marcas valorizam os campeonatos, deveriam valorizar o skate de rua.

SS – Como você se sente sendo patrocinado pela Skate Saúde?
Seguro em caso de acidentes, me sinto saudável (risos).



Agradecimentos: primeiro lugar a Deus, minha família, todos que me apóiam, Cabeludo que me ajuda, Peterson, Bally Bagus, Rincon, Chaveiro, Bambam, Laurence, Morto, Kleber, Renato Metralhas 13, Sólon, Mi, Simião, Valdeck, todos da Brama, os muleques de Bertioga, Thiago Pino, todos do Cocaia, os muleques do Itapoã, Cleverson, Derick, Pato, Boy, Cebola de Indaiatuba, os muleques de Indaiatuba, Glauber Marques, Guga, o folgado do Luquinhas, Saúde, Dentinho, Jimmy, Ivan, Zezinho, Jabá, Kakão, Babalu, Camila, Mônica, Camila Carroça, Tchok, Lê Metralhas, Ice Blue, Dido, finado Salsicha (esteja em paz), Naty de Sumaré, Kulher, Assis e Mariana.

3 comentários:

lucas disse...

muito loko mesmo em pino!!!
parabens ai pra vc e o daniel quadrado.
logo mais eu to ligado q o daniel vai conseguir...ele é uma rapaz q nunca fez o mal pra ninguem, e sempre ajuda seu procimo!!!
falo isso pq a maioria dos meus roles é com ele, ele sempre me ajuda!!!
valew MANOS Daniel, e Thiago pino!!

abração

igor disse...

Eai, da hr a entrevista da rua...
Demoro msm pra fazer a parada acontecer...É isso ai pô e a parte lá ainda tá em cima né mano...
Foi que ficamo uns dia parado aki, mais voltamo as funções...É nóis.

Marcos disse...

Grande quadrado...
Mlq fmz...