quinta-feira, 27 de agosto de 2015

A importancia do balance board no skate

A cada dia que passa a preparação física ganha importância dentro do skate assim como a reabilitação, e o skate vem sendo reconhecido como uma atividade física importante e que trás muitos benefícios à saúde.
Pensando nestes benefícios que o skate trás para a saúde algumas empresas passaram a produzir o Balance Board, que nada mais é que um shape sobre um rolo, comumente hoje encontrado nas academias.
A prancha de equilíbrio (balance board) é um equipamento que surgiu para a prática das habilidades circenses e ficou muito conhecida nesse meio pelo nome Rolla Bolla.
Sua estrutura geralmente é composta por uma prancha de madeira e um cilindro, que pode ser feito de material plástico, tubo kraft ou até mesmo de madeira maciça.
Os benefícios que a prancha de equilíbrio oferece são inúmeros, tais como, melhora no desempenho esportivo, prevenção de lesões, melhora do equilíbrio, melhora do condicionamento físico, definição muscular e queima de calorias. A prancha deve ser posicionada perpendicularmente ao cilindro e uma de suas extremidades devem estar em contato com o solo.
O praticante posiciona os seus pés nas extremidades da prancha. Em seguida, projeta seu centro de gravidade para o lado da prancha que não está em contato com o solo. A partir daí, é só tentar manter o equilíbrio, enquanto a prancha se desloca de um lado para o outro sobre o cilindro. Este é o primeiro e mais básico exercício para quem está se familiarizando com o balance board.
Para quem já anda de skate, o uso do aparelho ajuda muito no treino de equilíbrio e propriocepção (especialmente do tornozelo, local mais lesionado pelos skatistas) além de somado a outras ferramentas pode ser uma boa alternativa para a preparação física. Outra dica é usar ele em dias de chuva para não perder o board felling.
Hoje em dia existem várias marcas que produzem o balance board nos mais diversos materiais e nos mais variados preços, mas caso você não tenha acesso da para fazer o seu em casa usando um shape velho e uma garrafa por exemplo, o importante é preparar o corpo para as sessões de skate.
Lembre-se: ande de skate, evolua e divirta-se.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

O "corre" certo no skate

A grande maioria dos skatistas está sempre fazendo o "corre" seja para filmar, aprender uma manobra nova ou até arrumar uma peça para o seu skate. Hoje falaremos sobre um "corre " que vai trazer muitos benefícios para quem anda de skate.
O skate atual é basicamente uma atividade anaeróbia, devido a sequência de manobras que o skatista tenta executar em uma linha, exigindo bastante do corpo. Hoje falaremos sobre uma atividade física aeróbia simples, que pode ser praticada com facilidade por qualquer pessoa.
A corrida de rua é um esporte que cresceu muito nos últimos anos, e que pode trazer benefícios para quem anda de skate. Pode ser praticado em qualquer local (de preferência em um terreno macio) e o único material necessário é um tênis.
Seus principais benefícios são em termos de desempenho, o corredor aumenta o tamanho do coração(hipertrofia excêntrica), o número de artérias e de hemácias (glóbulos vermelhos), isso aumenta a quantidade de sangue e consequentemente a quantidade de nutrientes e oxigênio para as células musculares, resultando assim em uma maior resistência e melhora na performance.
Para a saúde essa modificação gera um menor batimento cardíaco e uma diminuição da pressão arterial, diminuindo o risco de doenças cardíacas. O coração e as artérias também são músculos e tem adaptações benéficas contra doenças cardíacas.
Saindo da parte cardíaca, a corrida por ser um esporte de baixo impacto provoca um aumento de massa óssea. Ela provoca o ganho de resistência muscular, podendo trazer para o praticante uma maior quantidade de contrações por um período maior. Um dos benefícios da corrida é na parte psicológica, ela aumenta a autoestima, diminui o stress e a ansiedade, diminuindo o risco depressão além de causar uma sensação de bem-estar.
Para o skatista a corrida serve como mais uma ferramenta de preparação física, melhora a condição cardio-respiratoria, ajuda a fortalecer os membros inferiores e de forma secundaria trabalha a propriocepção. A dica é começar com distâncias curtas e sem forçar muito o ritmo para não causar lesões musculares.
Para saber mais sobre o nosso programa de preparação física específico para skatistas basta entrar em contato e agendar uma avaliação gratuita.
Lembre- se: ande de skate, evolua e divirta-se.

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Com a palavra: Fernando Java

Andar de skate nos ensina a cair e levantar, levantar ainda mais forte para voltar e concluir a manobra que nos levou ao chão. Nosso entrevistado tem o skate no sangue e faz dessa lição o seu dia a dia, skatista de altíssimo nível com participação em grandes marcas do skate brasileiro que agora luta por novas oportunidades para seguir a carreira e chegar a tão sonhada profissionalização, enquanto isso não acontece segue "marretando" as ruas do centro de São Paulo com muita técnica, pop e estilo inconfundíveis. Confira como foi nosso papo com Fernando Java mais uma "Kria Do Centro" agora no Skate Saúde.
Nome: Fernando Henrique Alves "Java"
Idade: 26 anos
Tempo de skate: 17 anos
Local: São Paulo
Patrocínio: Sigilo Skateboard Product
 
SS- Salve Java, você é um skatista formado nas ruas do centro de SP e que até hoje anda lá sempre, quais os locais que você mais curte andar no centro ? Salve Skate Saúde, satisfação e obrigado pela oportunidade de fazer a entrevista . Sim verdade, eu curto sinceramente andar de skate em vários picos de rua pelo centro.
Os que mais gosto são o Pátio do Colégio em dia de semana, Praça Roosevelt na parte de cima, Vale do Anhangabaú onde aprendi andar, Praça da Sé e na quadra aqui do Glicérico, mas no momento a quadra está sendo reformada.

SS- Você é um skatista que já filmou grandes partes de vídeo, como é trabalhar com vídeos makers como o Tristan e o Granja e até que ponto eles ajudaram na evolução do seu skate? Para mim é a maior satisfação trabalhar com essas pessoas. Esses dias filmei com o Granja aqui na área, foi da hora, maior prazer. Me inspiro andando com eles.
Na minha evolução eles me ajudaram a abrir a minha mente e ver que posso explorar cada vez mais picos diferentes.

SS- O sonho de muitos skatistas é conhecer a Europa e os EUA e você teve esta oportunidade, o que mais te chamou a atenção nesses lugares fora os picos de skate?
Pode crê, foi ver a organização, disciplina, a lei funcionando de verdade. O ambiente é bem melhor e tranquilo, os lugares são muito bem planejados e limpos, as pessoas respeitam seu espaço e suas coisas ninguém mexe.

SS- Você é um skatista que tem um histórico longo de lesões, você acha importante a preparação física no skate?
Sim com certeza, é essencial você ter uma preparação física, skate exige muito do nosso corpo então temos que estar preparados.
Não só fazer alongamento como também tentar fazer outro tipo de exercício que te fortaleça, e se alimentar bem.

SS- Hoje você é exemplo para muitos skatistas, por tudo que já construiu no skate e principalmente pelo que já passou em sua vida particular, o que você gostaria de deixar como mensagem para estes skatistas que se espelham em você ?
Primeiramente gostaria de agradecer as pessoas que se espelham em mim, estamos juntos!
Que vocês andem de skate por amor e satisfação, sem se iludir com patrocínio e fama. Se for para vocês conseguirem vai acontecer naturalmente, estando com a mente aberta, estudando, você nunca vai se frustrar e vai ter opções na vida, e sempre vai ser um ótimo skatista.
Com disciplina e postura, falando coisas boas e se cuidando de verdade, não cheguem perto e não façam nada do que é errado pelo bem de vocês, sigam o caminho do bem, e aproveitem o que a vida oferece de melhor, longe do mau.
Desejo tudo de bom e do melhor para todos vocês, que vocês possam realizar todos os seus sonhos com bastante paz, amor, sabedoria e conhecimento.

SS- Você já andou para algumas das principais marcas de skate do Brasil, como você enxerga o mercado brasileiro de skate atualmente?
Então primeiramente gostaria de deixar um recado para as marcas de skate do Brasil, olhem para minha caminhada como skatista e para o meu trabalho, olhem tudo que já fiz e para o role que estou fazendo hoje, preciso de oportunidade para trabalhar e passar para profissional.
Não deixem atletas verdadeiros que nem eu precisando de oportunidade, muitas pessoas gostam do meu role e querem ver as coisas acontecerem, isso depende de vocês, como eu também preciso. Muitos de vocês estão vendo meu role e o que está me faltando é oportunidade, preciso de patrocínio para seguir evoluindo sempre mais e acredito que isso vai acontecer.

SS- Quais são seus planos para o futuro?
Meus planos são que primeiramente eu voltei a estudar e agora quero concluir meus estudos e seguir minha carreira como skatista.
Tenho planos com um parceiro meu que é profissional, um negócio junto, no momento não posso revelar, mas faz parte do meu futuro.

Agradecimentos: Primeiramente a Deus e a Jesus Cristo, minha família, minha namorada Caroline Andrade, Pedro Tx, Rodrigo Tx, Sigilo, KDC, Granja e Skate Saúde .

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Joelho de skatista

Os joelhos geralmente são locais de grande preocupação para qualquer skatista, visto que é o segundo local mais acometido por lesões na prática do skate.
É muito comum vermos lesões nos meniscos, LCA entre outras mas esta semana atendemos um caso um pouco diferente. Depois de uma pequena torção sem muita gravidade nosso paciente começou a reclamar de dor na parte posterior do joelho que o impedia até de remar.
Após alguns testes ortopédicos o exame de imagem confirmou nossas suspeitas de tendinite no poplíteo. O poplíteo é um músculo pequeno e achatado, situado na parte posterior do joelho (fossa poplítea). Suas principais funções são rotações interna e externa de tíbia e fêmur, estabilização no deslocamento anterior do fêmur junto com o quadríceps e o ligamento cruzado posterior. Também pode auxiliar na prevenção do impacto aos meniscos.
Essa tendinite ocorre por sobrecarga do poplíteo em saltos com o skate onde é muito utilizado para a estabilização do joelho durante a volta da manobra.
Também pode ocorrer devido à fadiga excessiva do músculo quadríceps, devido ao desgaste físico causado pela prática excessiva do skate sem uma preparação física ideal. A pronação excessiva do pé também pode ser um fator agravante, portanto fique atento e procure sempre usar um tênis de qualidade para andar de skate.
Os principais sintomas são dor na região póstero-lateral que “aperta” o joelho; dificuldade em caminhar e até remar com o skate e sensibilidade local.
O tratamento de fisioterapia visa diminuir imediatamente a dor e a inflamação com utilização de crioterapia, uso de ultrasom, laser e outros recursos que tem esse objetivo. Na cinesioterapia pode-se utilizar exercícios para revitalizar a região poplitea com alongamentos e mobilizações passivas e ativas dependendo do grau de lesão e o fortalecimento do quadriceps para volta total ao skate. Lembre-se: ande de skate, evolua e divirta-se.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

A importancia da periodização no skate

O skate vem evoluindo e atingindo novos níveis a cada dia que passa. Há altura dos obstáculos, os combos de manobras e até o pop das manobras mudou, fazendo com que manobras difíceis realizadas por poucos skatistas há anos atrás hoje seja uma manobra fácil realizada até por skatistas iniciantes.
Com toda esta evolução cada vez mais a preparação física no skate ganha força e dentro deste quesito um ponto chama muito a atenção que é a periodização. O corpo humano consegue facilmente se adaptar a diferentes situações e estímulos, por essa teoricamente fácil adaptação é que, buscamos sempre estímulos diferentes em intensidades diferentes. Em primeira instância, porque isso possibilita o sistema neuromotor do atleta não adaptar-se a um estímulo e, assim, progredir sempre com diferentes formas de estímulos. Em segundo lugar, porque isso é uma maneira preventiva de overtraining e lesões. Saber periodizar o treino é manter-se na intensidade máxima, dentro de padrões aceitáveis pelo corpo.
Como o próprio nome disse, são períodos montados ou pré-estabelecidos. Dentro desses períodos, encontramos diversos métodos de treinamento e, claro, diversos estímulos diferentes. O treinamento desportivo consiste em planejar e elaborar um modelo de treinamento, respeitando o skatista com sua individualidade, biótipo, objetivo e modalidade escolhida dentro do skate.
Deve-se dividir essa periodização em ciclo ou períodos estabelecidos previamente em função do grau de condicionamento físico em que se encontra o skatistas. Diante disso o treino será personalizado e montado dentro das possibilidades individuais. Esses ciclos devem ser respeitados em cada fase e etapa para que se torne eficaz para fase subseqüente. O objetivo é subdividir uma fase específica, geralmente longa de treinamento (macrociclo) e períodos mais curtos (mesociclos). Dentro desses mesociclos se subdivide em microciclos, sendo a duração de uma semana até quinze dias.
Os ciclos podem durar um ano ou mesmo uma temporada, cada parte dele tem como função controlar a intensidade, volume, freqüência, séries, repetições, repouso e alterar a variedade das seções de treino. Sua grande função é eliminar qualquer tipo de efeitos negativos durante o treinamento, mantendo assim um melhor desempenho ao final de cada período. Se fomos parar e pensar na rotina de um skatistas é muito complicado para montarmos esse tipo de periodização muito comum em outros esportes. No skate poderíamos montar uma periodização baseada em diferentes objetivos como um campeonato, uma tour, uma viagem para produzir imagens entre outras muitas hipóteses.
O principal diferencial do skatistas é que ele anda de skate todos os dias para aprender novas manobras e evoluir, por isso seu corpo precisa estar apto sempre a novas situações. Este é o segredo da preparação física específica para o skate, manter seu corpo sempre pronto para render nas sessões de skate e aprender novas manobras, e não ser uma atividade extra que vai desgastar seu corpo e impedir que você consiga andar de skate melhor por estar cansado como acontece na maioria dos casos.
Para saber mais sobre nossa metodologia de treinamento entre em contato conosco e agenda uma avaliação gratuita.
Lembre-se: ande de skate, evolua e divirta-se.