quinta-feira, 24 de julho de 2014

O crossfit e o skate

Sempre pensando em ampliar nosso conhecimento em relação a preparação física, prevenção de lesões e reabilitação dos skatistas, fomos em busca de aprender, vivenciar e conhecer os benefícios do Crossfit, uma das maiores “febres” em treinamento físico dos últimos anos.
Passei o ultimo final de semana no Curso de Capacitação Profissional da Crossfit Brasil, onde tive o privilégio de ter aulas com as maiores autoridades do assunto no país e com isso ver o tamanho da importância que este método de treino pode trazer para o skate.
O CrossFit é o principal programa de treinamento de força e condicionamento físico usado em muitas academias de polícia, grupos de operações táticas (como SWAT), unidades de operações especiais do exército americano (como os US Marines), por campeões de artes marciais e centenas de outros atletas de elite e profissionais pelo mundo, assim como por mães, avós, crianças e até mesmo pessoas com necessidades especiais.
O treino é planejado para provocar a mais ampla adaptação neuro-muscular possível, o programa de condicionamento não-especializado tem a intenção de tentar otimizar as funções humanas dentre os 10 domínios de capacidade física conhecidos. São eles: Resistência Cardiovascular e Respiratória, Resistência Muscular, Força, Flexibilidade, Potência, Velocidade, Coordenação, Agilidade, Equilíbrio e Precisão. O sistema único de treinamento é baseado em movimentos funcionais, constantemente variados e executados em alta intensidade. São utilizados movimentos de Ginástica, desde o movimento mais rudimentar até os mais avançados garantindo assim uma ótima capacidade de controlar o corpo tanto em movimento quanto parado, aumentando assim a sua relação de força-peso e flexibilidade importantíssima para qualquer skatista.
Outra grande ênfase esta nos movimentos de Levantamento de Peso Olímpico tendo em vista a habilidade única desse esporte em desenvolver uma grande potência muscular em seus atletas, através da manipulação de um objeto externo e do domínio de um enorme padrão de recrutamento motor, o que com certeza vai melhorar o pop na hora de manobrar.São usados também qualquer outro tipo de movimento ou exercício que sejam importante suficiente para promover uma grande adaptação neuro-muscular, como correr, pular, remar, pedalar, etc.
Um ponto importante é que o treinamento engloba as três vias metabólicas que nos provém energia para qualquer tipo de ação física. A primeira usa o fosfogênio de nossos músculos como fonte de energia e é responsável pelas atividades de maior potência, e dura aproximadamente 10 segundos; a segunda utiliza o glicogênio circulante como energia e rege as atividades de potência moderada, com duração de poucos minutos; já a terceira via é a oxidativa, também conhecida como aeróbia, responsável por mobilizar energia principalmente da gordura estocada em nosso corpo e nos permite executar atividades de baixa potência, porém de média e longa duração. Um condicionamento físico total deve então promover e desenvolver um treinamento que seja executado em cada um dos três sistemas de energia, buscando o melhor efeito possível do equilíbrio entre eles.
O mais legal disso é que os treinos nunca são repetidos, não se tornando uma rotina chata e cansativa. Achei a metodologia de treino muito completa e efetiva, que vai ajudar muito na melhora da performance dos skatistas e de quebra melhorar sua saúde.
Procure sempre um “Box” oficial com professores especializados e se dedique a rotina de treinos junto com as sessões de skate.
Com certeza essa é mais uma ferramenta que utilizaremos em prol do skate e de sua evolução. Para saber maiores informações sobre nossa metodologia de treinamento físico específico para skatistas entre em contato por email, telefone ou através de nossas redes sociais.
Lembre-se: ande de skate, evolua e divirta-se.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Estalos no joelho do skatista

Uma das maiores queixas que eu escuto dos skatistas esta relacionado ao “estalar” do joelho, em especial duvidas em saber o porquê isso ocorre e como fazer para melhorar.
O joelho é uma das maiores e mais importantes articulações do nosso corpo formado pelo fêmur distal, tíbia proximal e a patela, e possui um elevado grau de complexidade biomecânica. É nessa região onde acontece a maior parte das lesões articulares com origem tanto degenerativa quanto traumática como ocorre em quedas e torções abruptas com o skate.

Os estalos nas articulações são algo que quase todas as pessoas já experimentaram, muitas vezes até de maneira induzida. Quando não acompanhado de dor, é uma resposta normal do corpo a um determinado estimulo resultado de uma disparidade de pressão entre o outro lado da articulação.
Isso acontece porque o líquido sinovial se movimenta, com uma forma reacionária causando o estalido. Concluímos com isso que o estalido por si só não é sintoma de nenhum problema, nem causa engrossamento da articulação, como a “sabedoria popular” dissemina. No entanto quando o barulho é acompanhado de dor é sinal de que há algo errado, e por isso o acompanhamento médico é fundamental nestas situações.

O equilíbrio entre força e flexibilidade pode diminuir estes “estalos” e dar maior confiança na hora de andar de skate. Procure manter seu corpo em forma e evitar lesões de maior gravidade. Em caso de qualquer tipo de dor no joelho ou qualquer outra parte do corpo procure imediatamente ajuda médica.
Lembre-se: ande de skate, evolua e divirta-se.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Plataforma vibracional e o skate

O trabalho de prevenção de lesões e a preparação física cada vez mais vem ganhando importância na vida dos skatistas, que utilizam seu corpo como “ferramenta “ de trabalho e de lazer.
Estudando sempre para melhorar nossos serviços, fui pesquisar um método muito utilizado por outros esportes de impacto (lutas, surf, entre outros) e por alguns skatistas que vivem nos EUA.
Os efeitos da exposição do organismo humano à vibração produzida por objetos e máquinas são conhecidos há muito tempo. Recentemente, porém, foram desenvolvidos aparelhos de vibração, denominados plataformas vibratórias, na busca de reabilitação física e melhora do desempenho físico. Este programa consiste na aplicação de movimentos utilizando a plataforma vibratória com o objetivo de potencializar os benefícios de exercícios físicos na melhora de condicionamento físico.
Há alguns estudos que mostram que o uso da plataforma vibratória é benéfico tanto no aspecto físico quanto no psicológico, mas há divergências quando confrontado com os exercícios convencionais. O objetivo da plataforma vibratória é potencializar os resultados, isoladamente ela é muito restrita e não gera resultado hipertrófico, mas pode potencializar o resultado de outras modalidades.
Um programa de treinamento efetivo no aprimoramento de todas as valências de forma harmônica (força, condicionamento cardiovascular, equilíbrio, agilidade, etc) elaborado em "estações" realizando determinados exercícios, durante um período especificado e mudanças rápidas entre cada exercício. Utilizando todos os métodos anteriores para compor o circuito pode ser destinado para skatistas profissionais ou iniciantes na pratica de atividade física e a plataforma pode contribuir bastante com este tipo de atividade.
A tecnologia Acceleration Training estimula a resposta natural do corpo às vibrações, multiplicando as contrações musculares a partir de 25 a 50 vibrações por segundo. Isso potencializa o exercício, tornando-o mais eficaz em menos tempo. Não há estudos que comprovem a sobrecarga das vibrações nas cartilagens, mas é importante manter uma postura ereta para evitar a sobrecarga nas articulações enquanto faz o exercício vibratório. Além disso, ele recomenda que a intensidade e o tempo de exposição variem de acordo com o condicionamento físico de cada um.
O uso da plataforma também trás algumas restrições como a portadores de marca-passo, gestantes, pessoas com feridas recentes ou em pós-cirúrgico, com fraturas, hérnia de disco aguda, escoliose, implantes de pinos de parafuso recente em quadril e joelho, portadores de artrite reumatoide, doenças cardiovasculares graves, infecções recentes, labirintite, tendinite, tumores, úlceras, problemas oculares, cálculos biliar e renal, diabéticos grave entre outros.
Acredito que devido ao alto custo do equipamento ela ainda é pouco utilizado aqui no Brasil e que com treinamentos funcionais conseguimos atingir melhores resultados do que com a plataforma mas ela pode ser um complemento fantástico para qualquer sessão de treinamento ou reabilitação.
Caso queira experimentar esta forma de treinamento, procure um profissional capacitado para lhe proporcionar os resultados que você busca.
Lembre-se: ande de skate, evolua e divirta-se.

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Massoterapia e o skate

A rotina de um skatista não é das mais fáceis, levando não só em consideração sua dedicação em evoluir nas manobras, as viagens, compromissos com patrocinadores e os campeonatos, por isso cada vez mais o aspecto físico ganha importância.
A prevenção de lesões é uma tarefa árdua, envolve todo um trabalho de condicionamento e preparação física, a técnica que o skatista tem para cair quando erra manobras e tambem um pouco de sorte.
Para ajudar neste quesito a massoterapia é uma forte aliada dos skatistas. Massagem é a prática de aplicar força ou vibração sobre tecidos macios do corpo, incluindo músculos, tecidos conectivos, tendões, ligamentos e articulações para estimular a circulação, a mobilidade, a elasticidade ou alívio de determinadas dores corporais. Por ser uma forma de terapia, também pode ser conhecida como massoterapia. Pode ser aplicada a partes do corpo ou continuamente a todo o corpo, para curar traumas físicos, aliviar stress psicológico, controlar a dor, melhorar a circulação e aliviar tensão.
A massagem esportiva vem sendo cada vez mais reconhecida como uma importante modalidade terapêutica e serve não apenas para tratar um determinado problema, mas para ajudar também em cada uma das fases em que o skatista se encontra. Entre seus principais efeitos, destacamos a diminuição dos riscos de lesão (pois remove produtos metabólicos e catabólitos, aumenta o fluxo de nutrientes e a circulação, além de aumentar a elasticidade do tecido conjuntivo, aumenta os movimentos articulares- pelo relaxamento muscular, e ainda facilita a atividade muscular), melhora a consistência do treinamento, promove cura de lesões, reduz espasmos musculares, promovendo a função muscular normal, aumenta a confiança, aumentando a vida útil do atleta na atividade.
As principais indicações para o skatista realizar um programa de massagem são ajudar tanto no relaxamento (pós-sessão ou campeonato), efeito estimulante (pré-sessão ou campeonato), alívio de dores, tratamento de lesões principalmente quando há edema (inchaço) e aderências (tecido cicatricial). A massagem realizada na fase de alta intensidade no skate (uma tour por exemplo) tem por objetivo promover rápida recuperação após um dia intenso, evitar a dor muscular tardia (DMT), evitar a fadiga, além do bem estar físico. Como tratamento, ela estimula a circulação, a quebra de aderências e ainda auxilia na manutenção da flexibilidade.
No período pré-competição (pré-evento), o objetivo é sempre preparar o corpo para a atividade física. Eleva a temperatura das regiões que irão sofrer maior desgaste e normalmente é realizada antes do aquecimento (de 20 a 30 minutos). Neste caso, as manobras realizadas são mais rápidas, intensas e vigorosas para “acordar” a musculatura, deixando-a mais ativas durante a sessão. Já no pós-competição, o intuito é eliminar resíduos tóxicos do corpo, auxiliar na redução de dor e DMT e, havendo suspeita de lesão tecidual, pode ainda ser usada a criomassagem (massagem com gelo).A massagem no pós evento promove uma recuperação de 2 a 3 vezes mais rápida que somente o repouso.
A massagem ainda pode ser realizada em situações especiais, enfrentada por grande número de skatistas, as viagens. Objetivando melhorar a sensação generalizada de rigidez, dores nas costas e inchaço em membros inferiores (aliás, nestes casos de inchaços e retenção líquida a drenagem linfática é uma boa pedida).
As contra-indicações são para processos inflamatórios, estado febril, lesões agudas, trombose, vários tipos de problemas de pele ( contagiosa e não contagiosa ), estados hemorrágicos, pessoa em estado crítico debilitado, Gestantes ( 3 primeiros meses ) e sempre com orientação médica. A massatorepia é uma grande aliada do skate, contanto que seja feita por um profissional capacitado e credenciado nos órgãos especializados, procure um de sua confiança ou contate nos para maiores informações. Lembre-se: ande de skate, evolua e divirta-se.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Guarulhos Skate Day

No ultimo final de semana o “dia do skate” foi celebrado com tudo na cidade de Guarulhos na grande São Paulo. No sábado aconteceu um evento muito especial na pista do Cecap o “Girls in da Hood” em parceria com o Baquira Sistema de Som e o Barulho.Org, primeiro campeonato de skate feminino da cidade.
Com a presença de 15 meninas o campeonato se dividiu em 3 etapas com um game of skate, Jam session e finalizado com um Best Trick. O nível de skate apresentado foi alto e as disputas foram acirradas em todas as etapas.
Quem se deu melhor foi a skatista Karen Feitosa que com manobras consistentes e muito pop mostrou um skate diferenciado e acabou abocanhando todas as premiações. Foi uma grande festa do skate feminino na cidade e a oportunidade de ver novas garotas se interessando pelo skate.
Já no domingo pelo segundo ano consecutivo ocorreu o “Go Skate Day” onde vários skatistas de diferentes cantos da cidade se reuniram no centro de Guarulhos e rumaram em uma grande “skateata” até a Praça das Pedras que recebeu uma bela reforma para este dia especial.
Skatistas de várias gerações se reuniram para comemorar a data e também mostrar ao poder publico que o skate é muito grande na cidade e que precisa de mais atenção e respeito. Foi uma tarde inesquecível para o skate Guarulhense que fechou as principais ruas e avenidas da cidade mostrando sua força.
Organizado pela MUSG (Movimento Unificado dos Skatistas de Guarulhos) que este ano vem revitalizando alguns dos principais picos de skate da cidade o ponto alto da tarde foi a chegada na Praça das Pedras que com uma pequena reforma e novos obstáculos se tornou novamente um pico skatavel.
Lá ocorreram vários Best tricks com muitas manobras e brindes de diferentes patrocinadores que puxaram o nível da brincadeira e fez o domingo pegar fogo.
Tomara que este seja o inicio de uma nova era para o skate guarulhense, cidade de grandes skatistas e com muitos talentos ainda desconhecidos, e que agora parece estar tomando o rumo certo para as coisas acontecerem realmente.