sábado, 8 de março de 2008

Entrevista

Um skatista de longa data, que sempre teve grande influencia no meio e serve de inspiração para muitos até hoje. Local da lendária ZN skatepark, respeitado por todos e com muito carisma este é Adriano Mi, contando um pouco de sua longa trajetória aqui no Skate Saúde.
Nome: Adriano da Cruz Borges
Idade: 29 anos
Tempo de skate: 15 anos
Local: Guarulhos – SP
Patrocínio: de Deus
SS- Como e onde foi seu início no skate?
Aqui em Guarulhos, comprei o skate de um primo meu e desde este dia eu nunca mais parei.

SS- Qual manobra você sente mais prazer em acertar?
Kickflip

SS- Quais skatistas te influenciaram?
Anjinho, Sunab, Bambam e todos os meus amigos que estão no role comigo.

SS- Qual o melhor pico que você já andou?
Aeroporto de Guarulhos e o Maraviti.

SS- Qual o seu pico preferido?
Cecap, atualmente a Plasma e sem comentários para a Brama.

Blunt de Front na Brama
SS- Quais qualidades que um skatista deve ter?
A primeira é a humildade, tem que se dedicar ao esporte e nunca deixar de lado os outros corres. Nunca andar só de skate e deixar de lado os estudos e o trampo, isso não vira. É experiência própria.

SS- Você mesmo não tendo sido um atleta profissional, ainda hoje serve de referencia para muitos skatistas, como você se sente com isso?
É muito gratificante porque mesmo não sendo profissional eu sou tratado como um só não tive a sorte de ter feito a carteirinha.

SS- Você já se lesionou andando de skate, conte um pouco sobre esses momentos ruins e no que eles influenciaram na sua carreira?
A primeira lesão séria foi na pista da ZN que eu quebrei um osso do rosto, tive que fazer uma cirurgia e foi colocado um pino de platina. Depois foi a do joelho (ligamento cruzado posterior e menisco), que me impediu de seguir com essas paradas de profissionalismo.
Tudo isso aconteceu por falta de informação, eu não me alongava e isso eu acho importante passar para a molecada, que não é só agir no impulso e se empolgar.


BS Board no Cecap

SS- O que você acha deste projeto da Skate Saúde?
Nossa ai sim. Se tivesse este projeto antes, eu poderia não ter me lesionado e hoje poderia ser um profissional.

SS- Qual foi o seu melhor e o seu pior momento no skate?
O melhor momento ta sendo agora, porque o que eu aprendi o que eu sou veio do skate, esse é o melhor momento porque todos os meus amigos são do skate e estão comigo por causa do skate.
O pior momento foi quando fechou a ZN.

SS- Sendo um dos monitores do Skate Camp, conte um pouco como funciona este projeto super diferenciado dentro do skate?
Apesar de estar tretado com o Cris Fernades, acho que é um puta de um projeto e um sonho realizado dele, que fez com que a molecada se interessasse mais no esporte, não como uma competição, mas como uma amizade.
E ser monitor pra mim lá, foi uma experiência única.


Varial Shovit no Skate Camp

SS- Quais são seus planos para o futuro?
Continuar andando de skate até quando as pernas agüentarem e comprar uma casa com uma churrasqueira bem grande.

SS- Como foi ter andando na lendária ZN Skatepark?
Fazer parte daquela família foi um sonho que eu achava que não ia acabar nunca. O tempo que eu estava lá era um tempo só meu e dos meus amigos. E pra definir isso que eu estou dizendo assista o documentário da ZN.

SS- Agora depois de muito tempo, assistindo ao vídeo “Lembranças de uma geração”, o que você acha desta iniciativa e como foi rever toda aquela época?
A iniciativa veio até como uma surpresa para mim e para o Sunab, a idéia principal não era ter um documentário. O Sunab ajuntou as imagens que ele tinha e passou para o Waguinho editar e colocar musica, só que durante a edição o Waguinho teve a idéia de fazer o documentário, ai chamou as pessoas mais próximas para fazer os depoimentos e ai quando foi ver já estava pronto, e o negócio é de arrepiar.
Junto com isso no dia da premier a gente conseguiu reunir toda essa geração que participou do documentário
Méritos pro Sunab e para o Waguinho.

SS- No alto de sua experiência dentro do skate, deixe um recado para a molecada que esta começando agora.
Antes de começar a andar, alongar de forma correta, se não souber se informe, visite mais o blog, porque as vezes uma lesão lesão pode acabar com um sonho ou com uma carreira.
O principal é achar que o skate é uma diversão, onde tem que prevalecer a amizade.

Lembranças de uma geração
Agradecimentos: A minha mãe e meu pai que me aturaram e até entenderam que o skate para mim é muito importante, minha mulher que simplesmente foi obrigada a concordar que eu ando de skate mesmo, ao meu filho que se continuar andando de skate promete, Sunab, Thiago Ribeiro, Span, Ricardo Valochi (Sapão), Bambam, Daniel Quadrado, Diego e Diogo Gema, Dr. Aires que operou meu joelho, e se eu não citei o nome de mais alguém pode se considerar agradecido, e a você por estar proporcionando um espaço para a gente que anda de skate, e não tem nenhuma instrução de como evitar lesões.





5 comentários:

Daniel disse...

Muito bom Thiago bela escolha...quem mais poderia nos falar sobre lesões a naum ser nosso AMIGO Adriano MI!!!
ai Mi parabéns mano por td....por ser esse cara gente boa....esse skatista dedicado e por me passar mta inspiração no role!!!
e Thiago parabéns pelo blog....ai mlkada se alonguem antes de andar pra evitar lessões assim como as de Adriano Mi e outros!!!
abraço eh nois
parabéns pelo blog Thiago...eh um prazer fazer parte dessa familia com vc...PAZ

JUNIOR DUCKS disse...

parabens ao mi esse maluco alem de ser veiaco é sangue bom até umas horas ai irmao muita PAZ E TUDO DE BOM PRA VC E SUA FAMILY TE CONSIDERO VIU IRMAO MESMO EU ERRANDO AS VEZES FALOW , ABRAÇO DE UM BROTHER SEU , PATOLINO.

Marcos disse...

Nossa esse blog ta muito loco...

Ja que essa entrevista mostrou bem a importância do alongamento,podia ter um post sobre esse assunto.

abraço

Ricardo disse...

O que falar de um cara como o Adriano Mi,tem o skate no pé e no coração, a onde vai sempre tem alguel que o conhece ou já ouvio falar dele, se não tivesse acontecido essa lesão com ele , essa criança teria dado muito trabalho.
Mais não tem problema o role que ele faz até hoje, deicha muito skatista de cara com o style que ele executa as manobras,porque alem de acertar ele acerta com classe.
E sem falar que é um puta de um amigo du canario!!!
E parabenizar ao Thiago pela escolha do entrevistado e o asunto que é de muita importancia pra quem anda de Skate ou pratica qualquer outro esporte.
Um abraço e muito secesso!!!

lucas disse...

manu o MI é um cara embacado...naum só no skate como no seu jeito!!!
ele jah me deu varias ideias...ele é um cara q vc pode contar como parceiro!!!

é nois MI pro q der e vier manu